Google+ Followers

Google+ Followers

terça-feira, 30 de agosto de 2011

BOA

Sobre a instalação de uma escola com primeiro ciclo do ensino básico no Colégio Militar

A AAACM tem acompanhado os desenvolvimentos recentes sobre o processo instalação do primeiro ciclo do ensino básico no Colégio Militar, que resultaram na suspensão desse processo. Sobre este assunto a AAACM considera o seguinte:
1) O processo redundou em prejuízo para a Instituição Colégio Militar, mostrando uma imagem de desorganização e conflito que não é compatível com a organização, concentração nos alunos e serenidade que devem existir nas escolas, e do qual o Colégio Militar sempre foi e é um exemplo.
2) Em Abril de 2011, sendo já pública a intenção de instalar o primeiro ciclo no CM, a AAACM manifestou, o seu apoio à iniciativa, afirmando ser imprescindível garantir a qualidade necessária para a escola “ser reconhecida e atrair um número crescente de alunos”. Este apoio foi reiterado na última edição da revista “Zacatraz", em Junho de 2011, sabendo-se já nessa altura que as candidaturas ao 1º ciclo ultrapassavam largamente as vagas disponíveis.
3) Não conhecendo os pormenores do processo que conduziu a este desfecho, mas admitindo que possam existir razões técnicas, jurídicas, administrativas ou políticas, que o possam justificar, a AAACM lamenta que não tenha sido possível evitar os prejuízos para os alunos e suas famílias. O Colégio Militar é uma escola e nas escolas os alunos devem estar em primeiro lugar.
4) A AAACM está solidária com a posição pública sobre este assunto da Associação de Pais e Encarregados de Educação dos Alunos do Colégio Militar (APEEACM), a qual representa a parte mais lesada neste processo – os alunos e as suas famílias.
Mais:
5) A AAACM considera ser muito útil a instalação do primeiro ciclo do ensino básico no CM. Esta medida, entre muitas outras medidas de carácter estrutural, estão expressas no documento “Visão para o Futuro do Colégio Militar”, ratificado pelo Conselho Supremo e pela Assembleia Geral da AAACM. Este documento resultante de uma longa e aprofundada reflexão da nossa Associação, foi apresentado ao Estado Maior do Exército em Abril de 2010.
6) O Colégio Militar contém, no presente, um conjunto de valências e potencial extremamente positivos e amplamente reconhecidas pela sociedade Portuguesa. O Colégio Militar tem uma infra-estrutura, tangível e intangível, única e bem equipada com todas as condições para ser um estabelecimento de ensino de excelência com capacidade para:
• Responder às mais exigentes necessidades educativas e formativas actuais;
• Assegurar um contributo estratégico para o desenvolvimento de Portugal e sua relação com os PALOP, bem como para as Forças Armadas.
• Ser rentável, não representando qualquer custo para o Estado.
7) A AAACM está apta e disponível para junto da tutela discutir todas as questões ligadas ao presente e futuro do CM e dessa disponibilidade dará conta ao Ministério da Defesa Nacional.
Acreditamos no futuro do Colégio Militar e no seu valor para o futuro de Portugal. Apoiaremos sempre de forma proactiva, empenhada e responsável quem queira valorizar este bem, valorizando desta forma o nosso País.

A Direcção da Associação dos Antigos Alunos
do Colégio Militar

1 comentário:

A.R.Costa disse...

Por falta de habilitação não comento coisas do Colégio Militar. Porém, deixo aqui expressa a minha satisfação pelo regresso da "Cacine", após 19 dias de ausência. Benvinda às nossas águas territoriais e, a partir de agora, as habituais boas navegações!