Google+ Followers

Google+ Followers

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

ADEUS AMIGO

Dá-me lá , Zé, dá-me lá noticias desse bom Porto que finalmente te acolheu, depois da terrível travessia.

Diz-me que estás já a descansar e a recuperar a felicidade e a força , diz-me que já sorris , outra vez, com aquele ar maroto , diz-me que já elevas a voz, fingindo de zangado , na fala do desacordo.

Esta tempestade brutal se calhar não te devia ter apanhado e seria para outros mares , mas não conseguindo escapar , ainda te viraste a ela em amura cerrada , tentando vencer onda por onda.

Agora a luta acabou . O sal do mar passou para os nossos olhos , neste adeus que te estamos , todos os marinheiros e mil amigos , a dar.

Até breve Zé Heitor. Dá cá o velho abraço de sempre

2 comentários:

JOÃO SENA disse...

Fomos colegas na Faculdade de Ciências, camaradas na guerra e companheiros na vida.
Olhando o mar, sorvo uma lágrima amarga.
joão sena

A.R.Costa disse...

Depois de uma corajosa luta contra a doença e de uma permanente atitude de grande dignidade, o Zé Heitor deixou-nos. Foi um bom Amigo e um leal Camarada que todos perdemos, pelo que a sua memória continuará presente entre nós. Todos os que o conheceram e que com ele conviveram, ficaram mais pobres e não deixarão de recordar o exemplo da sua amizade e do seu companheirismo.
Apresento as minhas condolências à sua Família.
Associo-me ao belo e justo texto de homenagem que o MPM lhe dedicou!