Google+ Followers

Google+ Followers

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

ALELUIA


Mensagem de despedida 

       
         DENTRO DE DIAS E DE ACORDO COM O LEGALMENTE PRECEITUADO, CESSAREI O EXERCÍCIO DAS FUNÇÕES DE CHEFE DO ESTADO-MAIOR GENERAL DAS FORÇAS ARMADAS.
         É NESSA CIRCUNSTÂNCIA QUE ME DIRIJO AOS MILITARES, MILITARIZADOS E FUNCIONÁRIOS CIVIS DAS FORÇAS ARMADAS, NAS SITUAÇÕES DE ACTIVO, RESERVA E REFORMA, BEM COMO AOS DEFICIENTES DAS FORÇAS ARMADAS.
         A TODOS PRETENDO TESTEMUNHAR O MEU MUITO RECONHECIMENTO E APREÇO. A TODOS QUERO DEIXAR O SINAL DA MINHA CAMARADAGEM DE ARMAS, O MEU ESTÍMULO E A MINHA ABSOLUTA CONFIANÇA NO FUTURO DA NOSSA INSTITUIÇÃO.
         AO MESMO TEMPO DECLARO ORGULHO E SENTIMENTO DE DEVER CUMPRIDO, PERANTE O QUE AS FORÇAS ARMADAS HOJE SÃO E VALEM PARA PORTUGAL E QUE ENTENDO AVALIÁVEL POR SETE PARÂMETROS ESSENCIAIS.
         EM PRIMEIRO LUGAR A CONVICÇÃO E A PERSISTÊNCIA NUM MUITO GENERALIZADO CULTO DOS VALORES E PRINCÍPIOS QUE, NÃO NOS SENDO EXCLUSIVOS, NOS SÃO PRÓPRIOS E MUITO CAROS.
EM SEGUNDO LUGAR OS DESEMPENHOS ABSOLUTAMENTE EXCEPCIONAIS EM TODAS AS MISSÕES DE ÂMBITO EXTERNO E INTERNO A QUE AS FORÇAS ARMADAS TÊM SIDO CHAMADAS, QUASE SEMPRE EM SITUAÇÕES DE RISCO, DIFÍCEIS E LIGADAS A EMERGÊNCIAS. DESEMPENHOS DE QUE TEM DECORRIDO PARA VÁRIAS REGIÕES DE CONFLITO OS RESULTADOS SABIDOS E RECONHECIDOS DE MAIS PAZ, MAIS SEGURANÇA, MAIS RESPEITO PELOS DIREITOS HUMANOS E MAIS DESENVOLVIMENTO SOCIAL E, PARA PORTUGAL, MAIOR AFIRMAÇÃO, MAIOR CREDIBILIDADE, MAIOR SOBERANIA E MELHOR SALVAGUARDA DAS PESSOAS, VIDAS E BENS DOS PORTUGUESES.
         EM TERCEIRO LUGAR UMAS FORÇAS ARMADAS ORGANIZADAS DE MODO MUITO MAIS CONFORME ÀS REALIDADES DA CONJUNTURA GEOPOLÍTICA, ESTRATÉGICA E ECONÓMICA, E POR ISSO COM UM MODELO MODERNO, TENDENCIALMENTE CONVERGENTE COM O DOS NOSSOS CONGÉNERES EUROPEUS. UMAS FORÇAS ARMADAS QUE ASSIM ESTÃO INTEIRAMENTE PREPARADAS PARA O IMPERATIVO DE CRESCENTE APROFUNDAMENTO DAS DIMENSÕES DE INTEGRAÇÃO, PARTILHA E RACIONALIDADE DOS SEUS DIFERENTES COMPONENTES.
         EM QUARTO LUGAR UMAS FORÇAS ARMADAS EM QUE, MAU GRADO DIFICULDADES E RESTRIÇÕES, NÃO FORAM INTERROMPIDAS PERSPECTIVAS FUNDAMENTAIS NOS DOMÍNIOS DA QUALIFICAÇÃO DOS RECURSOS HUMANOS, DO REEQUIPAMENTO E DA REQUALIFICAÇÃO DAS INFRAESTRUTURAS.
         EM QUINTO LUGAR UMAS FORÇAS ARMADAS A QUE, NO CONJUNTO DAS NAÇÕES, CORRESPONDE UMA VOZ ESCUTADA, AUTORIZADA E RESPEITADA NAS MAIS ALTAS SEDES MILITARES DA NATO E DA UNIÃO EUROPEIA E QUE, COM UMA EXPRESSÃO SEM PRECEDENTE OU SEMELHANÇA COM O PASSADO, DETÊM NESSAS ORGANIZAÇÕES UM CONJUNTO DE CARGOS DE COMANDO, DIRECÇÃO E ESTADO MAIOR DE MUITO DESTACADAS RESPONSABILIDADES E RELEVÂNCIA.
EM SEXTO LUGAR UMAS FORÇAS ARMADAS VERDADEIRAMENTE COSMOPOLITAS E MUNDIVIDENTES, INTERNACIONALMENTE ABERTAS E EXPOSTAS COMO POUCAS OUTRAS ORGANIZAÇÕES DA SOCIEDADE PORTUGUESA CONTEMPORÂNEA, E COM OS EXCELENTES RESULTADOS CONHECIDOS.
         EM SÉTIMO, MAS CIMEIRO LUGAR, UMAS FORÇAS ARMADAS QUE SE REVÊEM NO PAÍS E NOS CIDADÃOS DE QUEM SÃO E QUE SERVEM E EM QUE O PAÍS E OS CIDADÃOS SE REVÊEM COM CONFIANÇA.
         ESTA É A REALIDADE DE HOJE, UMA REALIDADE QUE SE ALICERÇA NO NOSSO PERCURSO DE NOVE SÉCULOS, UMA REALIDADE COERENTE COM O CARÁCTER INSTITUCIONAL DAS FORÇAS ARMADAS, TRADUZIDO NA CONSTÂNCIA E NA INTEMPORALIDADE DA SUA RAZÃO DE SER, SERVIR PORTUGAL E OS PORTUGUESES.
         ... UMA LINHA DE CONTINUIDADE QUE DEVEMOS OBSERVAR E HONRAR.
         TERMINO A CARREIRA MILITAR ACTIVA AO FIM DE MAIS DE QUARENTA E SETE ANOS DE CONTÍNUO SERVIÇO EM MUITO DIVERSIFICADAS ÉPOCAS, CIRCUNSTÂNCIAS, SITUAÇÕES E MISSÕES.
         SEMPRE ENTENDI QUE, PELO CARÁCTER ESSENCIAL E PATRIÓTICO DA SUA MISSÃO, AS FORÇAS ARMADAS NUNCA DEVEM SERVIÇOS OU GRATIDÕES A NENHUM PORTUGUÊS. MILITAR OU CIVIL.
POR MIM DEVO MUITO ÀS FORÇAS ARMADAS. PARA SER SIMPLES, DEVO UMA FELIZ E MUITO ENRIQUECEDORA E INTENSA VIDA PROFISSIONAL. O QUE NADA TEM QUE VER COM POSTOS E FUNÇÕES E TUDO TEM QUE VER COM A OPORTUNIDADE PARA PROCURAR SERVIR DE MODO ÚTIL O MEU PAÍS.
UMA VIDA DE QUE ME FICAM MUITOS E MUITOS AMIGOS. E A RECORDAÇÃO DE UM SEM NÚMERO DE CAMARADAS.
         DEIXO O SERVIÇO ACTIVO NAS FORÇAS ARMADAS COMO SEMPRE NELE PRETENDI ESTAR E ME SENTI. REMETIDO À MINHA CONDIÇÃO DE PORTUGUÊS, DE CIDADÃO E DE SOLDADO. QUE CONTINUAREI SEMPRE A SER. COM MUITO ORGULHO. COM UMA ILIMITADA HONRA.
         DESEJO AO MEU SUCESSOR OS MAIORES ÊXITOS INSTITUCIONAIS. PORTUGAL E AS FORÇAS ARMADAS MERECEM-NOS E NÃO OS PODEM DISPENSAR.
         CONHECENDO A REALIDADE, A GENTE E OS SABERES QUE EXISTEM NAS FORÇAS ARMADAS TENHO ESSES ÊXITOS COMO CERTOS. SABEREI OBSERVÁ-LOS À DISTÂNCIA. COM O RESPEITO E A CONFIANÇA DEVIDOS AOS CHEFES MILITARES.


LUÍS VALENÇA PINTO
GENERAL


3 comentários:

Anónimo disse...

Pela minha parte... "Good By Maria Ivone"!
Ele nem sabia para que serviam os submarinos, etc... etc...
Fernando Boaventura
SAJ A REF

Anónimo disse...

Adio, adieu, aufwiedersehen , good bye

José cid

Anónimo disse...

Tanta frustração que reina por este bloguezinho!!!!