Google+ Followers

Google+ Followers

quinta-feira, 11 de abril de 2013

GRAVE


"O Diário de Notícias de 9 de Abril cita uma fonte do Ministério da Defesa (MDN) afirmando que o Despacho do Ministro da Defesa (que em nossa opinião visa destruir o Colégio Militar), incluiu a quase totalidade das propostas da Associação dos Antigos Alunos do Colégio Militar. Se a citação for verídica, o MDN mente.
A AAACM disse sempre que os aspectos da reforma relativos ao ensino misto deveriam ser objecto de uma reflexão mais aprofundada (a comissão presidida por Marçal Grilo disse o mesmo) e que a reforma deveria estar concluída em 2016/2017. O MDN conclui a reforma em 2013, sem qualquer aprofundamento ou estudo adequado que não seja a transposição das directivas do Ministro.
A AAACM indicou especificamente quais as melhorias necessárias na orgânica e projecto educativo do Colégio Militar que permitiriam a sua sustentabilidade, independentemente do modelo que fosse escolhido. O Ministro ignorou essas indicações.
Estas três condições: reflexão aprofundada, tempo adequado e melhorias na situação existente são aspectos indissociáveis das propostas da AAACM. O MDN retira dos documentos da AAACM apenas as frases que lhe interessam, ignora tudo o resto e conclui no final que a "reforma" que produziu se baseia na nossa opinião. Esta atitude não é decente , muito menos adequada a um membro do governo em democracia."

Comunicado da AAACM(Associação dos Antigos Alunos do Colégio Militar)

2 comentários:

Anónimo disse...

Mas isto é muito grave. Essa Associação tem gente importante e crível a dirigi-la????

J.N.Barbosa disse...

A associação tem sido incansável e dedicada a este estudo desde há vários anos. O MDN e o seu amigo nomeado para gerir a transição fecharam todas as portas e ignoram as sugestões da associação.