Google+ Followers

Google+ Followers

quinta-feira, 4 de julho de 2013

A LER

Editora: Dom Quixote
Data:
Título Original: A Delicate Truth
"Não temos fé nas autoridades, nos políticos, no serviço nacional de saúde ou na polícia". O sentimento de falta de esperança prevalece no mais recente romance de John Le Carré. A obra, metáfora da corrida à guerra do Iraque e das mentiras que a antecedem, é uma crítica a Tony Blair, por ter levado "um país para guerra a partir de falsos pressupostos". O enredo gira à volta de um ambicioso ministro dos Negócios estrangeiros e de um fornecedor privado de equipamentos de defesa, seu amigo íntimo. Em conjunto planeiam uma operação de contra terrorismo, a levar a cabo em Gibraltar, que tem como objetivo capturar e raptar um poderoso comprador de armas jihadista. O chefe de gabinete do ministro, a quem foi escondida a informação, suspeitando de uma terrível conspiração vê-se encurralado entre o dever para com o serviço e a sua consciência."

Para além da excelência da obra e da criatividade e escrita do autor, a magnífica tradução é de um ilustre Oficial de Marinha, o Sr. Comandante José Teixeira de Aguilar.

1 comentário:

Anónimo disse...

Será que o autor veio buscar inspiração a este país ?
Primeiro ministro que mente acerca das armas de destruição maciça no Iraque ( fugiu para Bruxelas e agora tudo faz para negar o passado)
Ministro dos Negócios Estrangeiros ambicioso e pondo à frente dos interesses do país os seus próprios, basta ver o que sucedeu ainda esta semana.
Falta de confiança nos políticos, que cuidam mais nos seus negócios do que da coisa pública (veja-se p.e. o número de deputados que continuam a manter outros empregos)