Google+ Followers

Google+ Followers

domingo, 28 de julho de 2013

E ESTA?

"Uma coleção de 74 Mercedes-Benz, propriedade de um colecionador português vai a leilão em Londres, entre os dias 8 e 9 de Setembro, numa iniciativa promovida pela RM Auctions. O comunicado chegou à redação ontem do Classic Press Center e segundo a mesma fonte, revela que a “Ultimate Mercedes-Benz Collection” tem como porta-estandartes um 540K Cabriolet A e um 540K Cabriolet B, ambos de 1938. Com a colecção de Irvine Laidlaw, onde se incluem sete importantes carros de competição, este leilão será muito possivelmente o mais importante deste ano realizado na Europa. Max Girardo, Director da RM Auctions, na Europa, disse “Uma coleção de um só proprietário com 74 carros já é de si algo extraordinário, mas esta coleção de Mercedes-Benz engloba carros importantes, carros extraordinários, desejáveis, interessantes e raros em variados aspectos”.
Peter Wallman, um especialista da RM Auctions, referiu-se à coleção portuguesa como “ uma viagem da marca alemã com mais de 80 anos de produçãoo. Desde a réplica de um Benz Patent Motorwagen de 1886, muitos carros de turismo do período pré-guerra e limousines, até a modelos desportivos icónicos do pós-guerra como os 300 SL, até ao mais recente 300 SEL 6.3 de 1970.Esta coleção tem algo de interessante para todos os tipos de colecionadores e muitos dos carros apresentados são oferecidos a leilão sem reserva, o que certamente irá motivar um interesse a nível internacional.” Se por um lado é difícil escolher alguns modelos por uma coleção tão vasta, existem alguns modelos que interessarão certamente mais a alguns colecionadores. O 540K Cabriolet é sem sombra de dúvida um dos melhores carros de turismo do período pré-guerra e esta coleção tem um 540 K Cabriolet B (avaliado entre as £1,100,000–£1,300,000) e um 540 K Cabriolet A (avaliado entre as £1,900,000–£2,500,000). Outras pérolas passam por um 500K Cabriolet C de 1936, com uma base de licitação de entre as £850,000–£950,000). Quem preferir carros mais antigos, pode sempre optar por um 400 Tourer de 1925 avaliado entre as £350,000–£400,000.
Coleção pouco conhecida
Falar deste colecionador pode ser um pouco difícil, já que segundo sabemos, parte desta coleção apenas foi mostrada uma única vez, num evento no Autódromo do Estoril em 2007, denominado de Top Car. Naturalmente que quando os exemplares foram expostos, criaram enorme sensação entre os visitantes. Mas voltemos ao leilão da RM e à coleção deste português, onde se inclui nada menos do que três 300 SL, incluindo um 300 SL Gullwing de 1956 (Valor estimado entre as £800,000–£900,000), um 300 SL Roadster de 1961 (£750,000–£850,000), e uma réplica do 300 SLS Racing, um carro construído em 1990 mas construído segundo os planos originais de 1957. Pensamos que terá sido este mesmo carro que levou Stirling Moss quando este esteve em Portugal, mas poderemos estar errados.Para os os entendidos na marca, o 300 S é ainda nos dias de hoje um veículo bastante apreciado e a coleção apresenta três exemplares com diferentes carroçarias, incluindo um 300 S Coupe de 1954 (£300,000–£350,000), um 300 S Roadster de 1954 (£425,000–£500,000), e ainda um 300 S Cabriolet A de 1955 (£350,000–£400,000). Claro que a história da marca alemã não estaria completa sem outro tipo de veículos e a coleção portuguesa apresenta ainda um 170V Roadster, um 170DA Pickup de 1952, e ainda uma interessante 170 SV Ambulância. Como não podia deixar de ser, qualquer coleção sobre a marca da estrela não estaria completa sem os 190 SL, 230 Pagode ou a luxuosa 600 Limousine de 1966."

Texto: redação 

Sem comentários: