Google+ Followers

Google+ Followers

sexta-feira, 12 de março de 2010

CARTA


Exmo Senhor

Por que isto do "diz-se" e "consta"  é muito sério, na medida em que se pode caluniar quem o não merece, e por que o velho aforismo do "caluniai, caluniai que sempre fica algo" é uma realidade insofismavel, antes de fazer qualquer juizo de valor, não só por quem executa mas, muito especialmente, por quem, tendo o poder de tal interditar, o consente, agradeço me mande  esclarecer sobre estes 2 pontos que
passo a enumerar:

1. É verdade que o sr Rui Soares após ter renunciado ao cargo de administrador da PT, além de ficar com um lugar de director, tem direito a uma indemnização de 600.000 € ?
2. É verdade que o sr José Penedos tem direito a receber (ou já recebeu)  da REN uma indemnização de 244.000 € ?

Peço desculpa pelo tempo tomado e pelos inconvenientes levantados, mas sabe, isto de um reformado militar que passou vários anos em comissões em Africa ao serviço do País, com todas as respectivas consequências nomeadamente no âmbito da saúde, e vê nos seus impostos (IRS) ser absurdamente diminuída a dedução específica da sua pensão (que não se encontra indexada ao vencimento do activo, como,  sucede , pelo menos em 2 profissões)  com respaldo em falacioso argumento de equidade com o pessoal ao serviço, não se sente rigorosamente nada agradado com semelhante situação, para não referir, o vómito que lhe causa ,os prémios e não  só ,autorizados em empresas públicas, comparados com o congelamento de pensões obtidas por anos de trabalho e comprovada  dedicação à causa pública e à Nação.

Com os melhores cumprimentos

Eduardo Matos Guerra - Coronel de Cavalaria ( reformado )
Av.D.Pedro V nº 31 - 6º Dto
2795-151  Linda-a-Velha
Tel/fax 214143134


Sem comentários: