Google+ Followers

Google+ Followers

domingo, 19 de junho de 2011

E ESTA?

Faz hoje 94 anos que Palmira da Graça , casada de 35 anos de idade, tabalhadora rural em Baleizão , foi abatida a tiro por um GNR, quando misturada com uma dezena ou mais de populares avançou para a pequena força militar.Alguns civis estavam armados e chegaram a disparar após as primeiras rajadas para o ar da Guarda.

Palmira, certamente mal influenciada, acompanhou uma dezena de individuos que queriam assaltar os sacos de farinha  de trigo que se encontravam armazenados para seguir para Palmela.A população queria ficar com eles e vendê-los ali mesmo

19 de Junho de 1917

3 comentários:

Anónimo disse...

Onde raio(desculpe a expressão) é que o meu Amigo vai saber estas coisas?

NT

Allen disse...

Um pormenor técnico, Manel: Em 1917 não existiam armas automáticas portáteis, logo não havia rajadas.
Um abraço
G

Manel disse...

Tem toda a razão Senhor Comandante e reconhecido especialista.Deve ter sido tiro a tiro.....Mas já agora vou tentar descobrir onde li isto para ver como dizem lá.
Obrigado