Google+ Followers

Google+ Followers

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

FORÇA,FORÇA COMPANHEIRO


A conceituada revista britânica «The Economist» alerta este fim-de-semana que «o risco de a moeda única se desintegrar dentro de semanas é altamente alarmante».

Num artigo intitulado «É realmente o fim», a publicação escreve que «a crise na zona euro está a provocar o pânico» e lembra que «mês após mês», esta crise alastrou «da periferia vulnerável da zona euro», como Grécia, Irlanda e Portugal, «para os países do núcleo», como a Espanha e a Itália.

A juntar às dificuldades internas de cada país, somam-se as evidências de que a economia da zona euro está «a caminhar para uma recessão, se é que já não está nessa situação».

«Agora, é provável uma calamidade ainda maior. A intensificação das pressões financeiras aumenta as probabilidades de um default desordeiro de um país, uma corrida aos depósitos dos bancos ou uma revolta contra a austeridade, que marcaria o início do fim da zona euro», conclui.

Nota:Os senhores dos sindicatos que façam mais greves, para isto acabar mais depressa ainda

Sem comentários: