Google+ Followers

Google+ Followers

segunda-feira, 7 de abril de 2014

25 ABRIL

No dia 9 de Setembro de 1973, em Alcáçovas, perto de Viana do Alentejo, 136 membros das Forças Armadas, entre os quais 95 capitães, 39 tenentes e dois alferes, reuniram-se clandestinamente no Monte do Sobral. Neste encontro nasceu o Movimento dos Capitães, que iria derrubar o regime do Estado Novo e instaurar a democracia no dia 25 de Abril de 1974.
Passados 40 anos da data da instauração da liberdade em Portugal, o célebre Monte do Sobral, que serviu de berço ao movimento revolucionário, encontra-se à venda por 850 mil euros. Com quatro hectares e um casario com cerca de 3.500 m2 de área, a propriedade está vocacionada para a prática de turismo rural e realização de eventos.

1 comentário:

Allen disse...

Creio que há um erro no número de conjurados pois conheço muitos de Marinha que afirmam que estiveram lá desde o primeiro momento e não estão aqui mencionados. Não percebo