Google+ Followers

Google+ Followers

segunda-feira, 7 de abril de 2014

MAIS VALE TARDE QUE NUNCA

 "O bispo das Forças Armadas e de Segurança, D. Manuel Linda, vai tomar posse do cargo esta terça-feira, em Lisboa, junto dos ministros da Defesa Nacional e da Administração Interna, após ter assumido funções canónicas em janeiro.

O Serviço de Assistência Religiosa das Forças Armadas e das Forças de Segurança foi regulamentado em 2009, na sequência da Concordata assinada entre Portugal e a Santa Sé em 2004, sendo constituído pela Capelania Mor e pelos centros de assistência religiosa da Armada, do Exército, da Força Aérea, da Guarda Nacional Republicana e da Polícia de Segurança Pública.
A Capelania Mor, de acordo com as disposições do artigo 5.º do Decreto-Lei 251/2009, é um órgão de natureza inter-religiosa integrado no Serviço de Assistência Religiosa das Forças Armadas e das Forças de Segurança, que assegura o regular funcionamento da assistência e compreende na sua composição um capelão-chefe, por cada confissão professada, que coordena a respetiva assistência religiosa.
A tomada de posse canónica aconteceu a 24 de janeiro durante a reunião geral de capelães militares que decorreu em Fátima, quando ainda existiam dificuldades no que diz respeito à definição da sua situação como capelão-chefe no Serviço de Assistência Religiosa das Forças Armadas e das Forças de Segurança.
A Igreja Católica coloca sob a jurisdição do Ordinariato Castrense todos os fiéis militares e também aqueles que, por vínculo da lei civil, se encontram ao serviço das Forças Armadas; são também setores integrantes as Forças de Segurança, ou seja, a Guarda Nacional Republicana e a Polícia de Segurança Pública.
A cerimónia de terça-feira está marcada para o meio-dia no salão nobre do Ministério da Defesa Nacional, com a presença dos chefes de Estado-Maior dos Ramos (Marinha, Exército e Força Aérea) e os comandantes nacionais da GNR e PSP.
O bispo das Forças Armadas e de Segurança já se encontra no exercício de funções religiosas desde inícios de março, tendo presidido a várias celebrações litúrgicas.
MD/OC/PR "
   

1 comentário:

Allen disse...

Eu pessoalmente preferia o "nunca" ao "tarde".