Google+ Followers

Google+ Followers

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

TIRO NO PÉ

Me parece que é o que o PSD, ou alguns dos seus dirigentes , e mais outra incauta gente política , está fazendo, dando esta inexplicável força aos jornalistas e continuando a temer os juizes.
Portugal deve ser o País onde maior liberdade de imprensa existe , para não dizer libertinagem , e de expressão , ainda por cima com situação de enorme injustiça para quem cai nas garras dos jornalistas ou da justiça , que nunca mais se recompõe.
Este Estado , se é que existe , está no limiar do Stalinismo , onde jornalistas se atrevem a gozar os deputados em sede de comissão parlamentar , acusar este mundo e o outro e sem provas e nada lhes acontecer.
Não sei se foi coincidência ou não , mas o facto é que esta semana uma data de jornais e jornalistas foram absolvidos  num complicado julgamento em Oeiras.
Além do mais  parece que num Estado de direito o estratagema legal que o Semanário "SOL" usou para ter acesso ás escutas telefónicas de um processo , e depois as publicar , é bem digno de Zimbabwé.Conheci bem jornalistas de outros tempos , profissionais de grande carácter e idoneidade. Devem estar a dar voltas na tumba.E a justiça aos costumes diz NADA
Espero que nenhum dos políticos que tanto se estão esganiçando neste caso  , nunca caiam nas garras de uma Felícia , que lhes destruirá a vida ,a eles e à família , sem contemplação.Mas se assim fôr , será bem feito.
É o TIRO no PÉ, que bem merecem

1 comentário:

Anónimo disse...

Acho graça à etiqueta