Google+ Followers

Google+ Followers

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

LIXARAM-NOS


".......Acabaram com o serviço militar obrigatório, um erro trágico em termos nacionais; quase acabaram com a Justiça Militar e fecharam os seus tribunais; tentam “civilizar” constantemente o ensino militar; deram uma machada terrível na disciplina, com a reforma do RDM; obrigaram ao fim de praxes e tradições; retiraram sistematicamente a possibilidade a militares do quadro permanente em ocuparem outras funções fora das FAs; restringiram, enormemente, a expressão pública por parte dos militares; durante décadas impediram que as FAs participassem nas festividades do Dia de Portugal; a escolha dos chefes militares passou a ser exclusivamente por critério político e retiraram-nos da escala indiciária dos vencimentos – ou seja, tentaram separar a cabeça do resto do corpo; retiraram, constantemente, competências à cadeia hierárquica e coarctaram a capacidade dos chefes defenderem os seus homens o que levou ao aparecimento de “Associações” que podem evoluir para sindicatos o que transformaria a tropa num bando armado sem qualquer valor militar; abriram-se as fileiras ao ingresso de mulheres, decisão perfeitamente demagógica e escusada cuja única consequência foi aumentar os problemas sem qualquer contrapartida em mais valias e, agora, pretendem acabar com o Sistema de Saúde Militar e com o Fundo de Pensões.
            Enfim o rol de asneiras e malfeitorias é extenso e quase ininterrupto........"


Nota :Parte do último escrito do Ten. Coronel Brandão Ferreira, com a devida vénia , a propósito das armas "desaparecidas" nos Comandos

Lixaram-nos e continuam a lixar , e nós a ver, continuamos a ver
            

3 comentários:

Anónimo disse...

ainda nos vão lixar mais, enquanto usarem chinelos, em lugar da caneta.

Manel disse...

É só ler o programa do PS de 1973, e percebe-se tudo......

José Sousa e Silva disse...

O ditador da Tunísia também "substituiu" os militares por polícias ...