Google+ Followers

Google+ Followers

sexta-feira, 7 de março de 2014

AS MARAVILHAS DO HIFEN

Caros camaradas há já muito que se vem notando grande negligencia por parte do HFAR, na atribuição de próteses.
Muitos DFAs chegam a ver a manufactura da sua prótese adiada por tempo indeterminado.
A feitura da prótese depende de consulta a três casas de próteses e decidido pelo custo mais barato.
A casa de próteses adjudicada é que posteriormente contata o DFA para marcar o dia e hora para se fazer o molde.
Tudo isto é feito sem qualquer informação ao interessado. Esquecem-se que a maioria dos DFAs já o são há mais de 40 anos.
No tempo do Hospital da Marinha havia um mínimo de urbanidade e de sensibilidade no tratamento destes assuntos, dando sempre ao deficiente a hipótese de escolha da casa ortopédica onde queria que a prótese fosse executada.



Henrique A. Lopes de Mendonça


Sem comentários: