Google+ Followers

Google+ Followers

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

ÁS ARMAS

Já anda tudo doido , com o cancelamento, para uns, e redução drástica, para outros, do "complemento de reforma".
A realidade é que o ministro aguiar hifen branco, na sua galopante cavalgada para humilhar a Instituição Militar e destruir as Forças Armadas, vai conseguindo os seus intentos com a passividade total, ao que se sabe e se vê, dos Chefes Militares.
A guarnição da CACINE nunca se ofuscou com as Associações dos Militares e sempre confiou no CEMA como defensor dos direitos, dos Valores, da Dignidade dos Marinheiros, mas temos de concordar que a cumplicidade com o ministro, o silêncio que se ouve a milhas de distância, as incompreensíveis situações que diariamente acontecem , causam estranheza, por maior simpatia e respeito que tenhamos pelo Senhor Almirante.
Recorde-se o célebre despacho 353/73, do então Ministro General Sá Viana Rebelo. O Senhor, então, também pensava que podia fazer o que lhe apetecia e mostrava uma arrogância inenarrável. Mesmo assim teve de recuar , e engolir o despacho...só que foi tarde demais.
Seria prudente que os Chefes Militares ponderassem pedir a  saída, de uma forma tranquila e sem especulações públicas, deste habitante, que só tem desprestigiado os Militares, e prejudicado tanto as carreiras futuras, como, e principalmente, a falta de respeito que mostra para com quem tudo deu à Pátria (coisa que parece desconhecida!!!)

2 comentários:

Anónimo disse...

Penso que terá imensoa apoiantes nesta sua ideia.

Mas, francamente, acha qua alguém levanta um dedo????

RP disse...

Mas quem está na Reserva consegue "levantar um dedo"?

Tanto tempo de inactivade profissional pode ter colocado algum atrofio nos músculos ...