Google+ Followers

Google+ Followers

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

ÁS ARMAS

  • Perante a notícia publicada hoje no Correio da Manhã, a AAAIO enviou a seguinte carta ao diretor do jornal:

    Exmo. Senhor Otávio Ribeiro, Diretor do Correio da Manhã

    O V/ jornalista João Fernandes Silva, assinou uma peça intitulada “Defesa põe em causa campanha”, publicada na V/ edição de hoje, 4 de setembro....

    Esta peça começa por comentar a campanha da AAACM contra a a fusão com o Instituto de Odivelas, passando depois a referir que “as associações de antigos alunos do Colégio Militar e do Instituto de Odivelas usufruírem do edifício militar Quartel da Formação sem pagar renda. As instalações foram cedidas pelo Exército, em 2002, com a aprovação de Paulo Portas, que era então o ministro da Defesa”. Ou seja, o jornalista insinua que as associações usam património sem pagar, dando a entender que gozam de privilégios especiais. O jornalista revela um desrespeito por Associações que muitos e bons serviços têm prestado ao País.

    Lamentavelmente o jornalista em causa não teve, como pensamos lhe competia, o cuidado de falar quer com a AAAIO (Associação das Antigas Alunas do Instituto de Odivelas) quer com a AAACM (Associação dos Antigos Alunos do Colégio Militar).

    A AAAIO investiu mais de 1.5 milhões de euros na construção do lar no Quartel da Formação que estava em ruínas. O acordo de comodato refere-se somente ao terreno, pois as instalações foram construídas e pagas pela AAAIO. Esse lar apoia 44 idosos, muitos deles recebendo somente a pensão mínima.

    Também a Associação congénere, a AAACM, onde tem a sua sede, já investiu no Quartel de Formação, mais de 600.000 euros.

    Ou seja, as duas Associações já investiram num local que estava praticamente ao abandono mais de 2 milhões de euros para dar apoio social a quem precisa.

    Mais, têm cuidado de um conjunto arquitetónico do século XV e de um património de inegável valor histórico, que estava parcialmente em ruínas. No protocolo assinado com o Exército, ambas as Associações comprometeram-se com a sua recuperação e preservação.

    Por fim, gostaríamos de convidar o jornalista e a Direção do Correio da Manhã a visitarem este conjunto de edifícios e a obra social da AAAIO.

    Cumprimentos
    M.Margarida Pereira-Müller
    Presidente da Direção da
    Associação das Antigas Alunas do Instituto de Odivelas

Sem comentários: