Google+ Followers

Google+ Followers

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

DÁ LICENÇA EXCELÊNCIA????


Aguiar-Branco controla idas ao estrangeiro                                                                                                                                
                O ministro da Defesa aprovou um "plano anual de ação externa" para o sector em 2012 que, entre outros aspetos, centraliza o controlo das viagens ao
                estrangeiro dos dirigentes políticos e responsáveis militares na sua tuteia, soube o DN. O documento, aprovado no final de 2011, traz à memória o caso do
                general Pinto Ramalho, que no último trimestre do ano passado (nas suas últimas semanas como chefe do Estado-Maior do Exército) decidiu ir ao estrangeiro -
                 China, Timor, Moçambique - apesar dos graves problemas orçamentais do ramo. Pinto Ramalho limitava-se, dentro das suas competências, a informar a
                tutela das viagens que ia fazer para dar palestras ou receber condecorações, entre outras razões. Definindo a "ação externa" como "o conjunto de ações
                desenvolvidas" pelos órgãos de Defesa Nacional, o plano -garante a troca de informação, a cooperação e a harmonização das diferentes iniciativas" dentro e

            fora do ministério, sendo "necessário acompanhar a respetiva execução” para assegurar essa "unidade de ação externa", frisou uma fonte ligada ao processo.



Nota:Enquanto isto a Excelência vai de Falcon à Mauritânia



Sem comentários: