Google+ Followers

Google+ Followers

terça-feira, 4 de junho de 2013

CÁ,AINDA,NÃO HÁ DISTO

Mas já houve. A "Nau Portugal", de Leitão de Barros para a Exposição Colonial

1 comentário:

José Sousa e Silva disse...

Gosto do post e da brincadeira do falhanço.
E já que estamos nessa maré, se não levares a mal, deixo aqui o relato de um episódio que ouvi, em adolescente, na antiga Emissora Nacional. Era dia de Ano Novo e Leitão de Barros estava a ser entrevistado; a certa altura perguntaram-lhe quais os factos que ele considerava mais marcantes no ano que acabara. Resposta imediata: "foram os actos de posse, as festas de homenagem e as obras em curso". Nunca esqueci!...