Google+ Followers

Google+ Followers

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

RIP

D. Tomaz Barbosa da Silva Nunes, bispo auxiliar de Lisboa, faleceu durante a noite desta Quarta-feira, 1 de Setembro, confirmou o Patriarcado de Lisboa à Agência ECCLESIA.
D. Tomaz Nunes nasceu em Lisboa a 3 de Dezembro de 1942.
O prelado era licenciado em Ciências Geofísicas pela Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa e em Teologia pela Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa, era também Mestre em Ciências da Educação pela mesma Universidade, especializando-se em Administração e Gestão Escolar.
Ordenado presbítero em Novembro de 1973, D. Tomaz foi assistente adjunto em Lisboa da Liga Operária Católica (LOC), em 1977, passando, a partir de Janeiro de 1981, a assistente diocesano, cargo que exerceu até 1998. Durante nove anos foi também assistente da  Juventude Operária Católica (JOC).
Desde 1989, era director do Secretariado Diocesano do Ensino Religioso.
O prelado foi assistente da Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa, leccionando no Curso de Licenciatura em Ciências Religiosas.
Em Março de 1998, foi nomeado Bispo Titular de Elvas e Auxiliar do Patriarcado de Lisboa. A ordenação episcopal decorreu em Maio, na Igreja Nossa Senhora de Fátima, na paróquia a que pertencia.
Durante seis anos foi Secretário da Conferência Episcopal Portuguesa, eleito em 13 de Abril de 1999 e reconduzido em 11 de Abril de 2002.
Desde 2005 era Vigário-Geral e Moderador da Cúria do Patriarcado de Lisboa.
Durante os últimos anos foi o intermediário com o Governo para a Educação Cristã nas Escolas, no âmbito da disciplina de Educação Moral e Religiosa Católica.
Era presidente da Comissão Episcopal da Educação Cristã e vogal da Comissão da Pastoral Social.
O corpo de D. Tomaz Nunes está na Igreja de Nossa Senhora de Fátima, em Lisboa, onde foi baptizado e ordenado Bispo.
Às 22h00, o Cardeal Patriarca de Lisboa, D. José Policarpo, dirige o Ofício de Defuntos na mesma igreja.
A missa exequial, marcada para esta Quinta-feira, 2 de Setembro, às 11 horas, vai também ser presidida pelo Cardeal Patriarca. 
O cortejo fúnebre seguirá para o jazigo do Patriarcado no Cemitério do Alto de São João, em Lisboa, onde D. Tomaz Nunes será sepultado.

Sem comentários: