Google+ Followers

Google+ Followers

sexta-feira, 8 de junho de 2012

CÁ NÃO HÁ DISTO


O Tribunal Distrital de Díli, Timor-Leste, condenou hoje a ministra da Justiça, Lúcia Lobato, suspensa desde março, a cinco anos de prisão por crime de participação em negócio, mas a defesa vai recorrer da sentença.
Os juízes consideraram Lúcia Lobato autora moral de forma consumada em crime de participação em negócio relacionado com a aquisição de uniformes para a guarda prisional.
Lúcia Lobato foi absolvida dos crimes de abuso de poder e administração danosa.


Ler mais: http://expresso.sapo.pt/ministra-da-justica-de-timor-condenada-a-5-anos-de-prisao=f731581#ixzz1xCPqGpmg

Sem comentários: