Google+ Followers

Google+ Followers

segunda-feira, 11 de junho de 2012

WELCOME

 Presidente de Cabo Verde começa hoje em Portugal a sua primeira visita de Estado ao estrangeiro, e, durante dois dias, terá encontros com as entidades portuguesas, participa em seminários e em encontros com estudantes cabo-verdianos.
Em Lisboa desde sexta-feira, onde desde então cumpriu um programa extra-oficial, que será retomado na quarta-feira, Jorge Carlos Fonseca é ainda homenageado num certame cultural como presidente Honorário do Festival Sete Sóis Sete Luas.
A convite do homólogo português, Aníbal Cavaco Silva, o chefe de Estado cabo-verdiano, empossado há nove meses, começa hoje o programa oficial da visita com uma cerimónia de deposição de coroa de flores no túmulo de Luís Vaz de Camões e com uma visita aos claustros do Mosteiro dos Jerónimos.

À tarde, visita a Câmara Municipal de Lisboa e, acompanhado pelo respectivo presidente, António Costa, desloca-se à sede da União das Capitais das Cidades de Língua Portuguesa (UCCLA), terminando o dia com um jantar oferecido por Cavaco Silva, no Palácio de Queluz.
Na terça-feira, a manhã de Jorge Carlos Fonseca começa com uma visita ao Instituto de Altos Estudos Militares, após o que participa num seminário económico organizado pela AICEP e efectua uma visita de cortesia ao Presidente do Tribunal Constitucional, Rui Moura Ramos.
Após um almoço de trabalho com Pedro Passos Coelho, primeiro-ministro português, Jorge Carlos Fonseca segue para a Assembleia da República para um encontro com a presidente Assunção Esteves e com os líderes parlamentares.
Logo depois, participa numa sessão solene do Conselho Científico da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, após o que terá um encontro com estudantes de Cabo Verde a residir em Portugal.
Após assistir a uma homenagem ao músico português José Barros, líder do grupo Navegante, Jorge Carlos Fonseca condecora o cantor cabo-verdiano Bana com a Medalha de 1.ª Classe da Ordem do Dragoeiro, ficando assim encerrada a visita de Estado.
Quarta-feira, último dia da estada em Portugal, Jorge Carlos Fonseca retoma o programa extra-oficial com uma visita ao concelho da Moita, arredores de Lisboa, deslocando-se à Escola EB 1/ J.I, pertencente ao Agrupamento Vertical de Escolas do Vale da Amoreira (Agrupamento TEIP - Território Educativo de Intervenção da Moita).
Depois, desloca-se à Associação de Solidariedade Cabo-Verdiana dos Amigos da Margem Sul do Tejo, no Vale das Amoreiras, e visita o Estádio do Bonfim, onde cumpre a promessa feita na tomada de posse como chefe de Estado de Cabo Verde: conhecer as instalações do Vitória de Setúbal, clube de que é adepto.
À tarde, Jorge Carlos Fonseca e mulher partem de regresso a Cabo Verde.

Sem comentários: