Google+ Followers

Google+ Followers

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

1º DEZEMBRO

O CDS vai apresentar, em Março, no Parlamento uma iniciativa legislativa para que o 1.º de Dezembro, data da restauração da Independência de Portugal, passe a ser assinalado com comemorações solenes. 
Os centristas pretendem que, apesar deste dia deixar de ser feriado, a data seja comemorada pelos órgãos institucionais do país. Ou seja, defendem que deve haver uma intervenção do Presidente da República nesse dia e que se realize uma cerimónia na Assembleia da República. E que também a nível local as câmaras promovam iniciativas de celebração. E que as escolas sigam também o exemplo.
Fonte próxima do líder do CDS justificou ao SOL que o partido considera «um paradoxo» que a data nunca seja comemorada.
Paulo Portas reuniu a sua Comissão Executiva na passada semana e pediu contributos às distritais, às concelhias e à Juventude Popular. 

1 comentário:

Anónimo disse...

Fizeram asneira e agora querem parecer que afinal se importam .É preciso não ter vergonha nenhuma