Google+ Followers

Google+ Followers

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

POIS...os VERDES


Militares punidos por atos associativos sem amnistia                                                                                                                   
                PSD, CDS e PS anunciaram ontem que vão chumbar os projetos de lei do PCP, do BE e de Os Verdes para amnistiar militares punidos por actividades associativas. As decisões, a formalizar hoje, surgiram no debate sobre os diplomas, que tinham por base uma petição assinada por cerca de 4500 cidadãos. O presidente da Associação Nacional de Sargentos disse à Lusa que quem rejeita a amnistia presta "um mau serviço a justiça e à verdade". "É evidente que do Regulamento de Disciplina Militar e Código de Justiça Militar não constam infrações por associativismo", adiantou Lima Coelho. O debate serviu ainda para contestar José Pedro Aguiar-Branco por dizer que as Forcas Armadas são insustentáveis. António Filipe (PCP) frisou que "insustentável é ter um ministro da Defesa que ameaça (os militares) por quererem lutar pelos seus direitos e lhes aponta a porta da rua". Marcos Perestrello (PS) qualificou as associações como "fator de coesão no seio das Forças Armadas" e acrescentou: "Melhor que ninguém, os chefes têm sabido compreender e aproveitar esse contributo."

Sem comentários: