Google+ Followers

Google+ Followers

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

BRAVÔ


Naufrágio da canhoeira 'Faro' assinalado  no Algarve                                                                                                       
                Navio da Armada Portuguesa afundou-se em 1912, após ter embatido em outro navio
               Assinalam-se cem anos sobre o afundamento da canhoneira  'Faro' em frente à barra de Alvor .
                O centenário do afundamento deste navio da Armada portuguesa será assinalado com a colocação de uma placa comemorativa, junto à embarcação, por mergulhadores da Marinha portuguesa.
                A canhoeira 'Faro'  adquirida na Inglaterra no ano de 1878 . Tinha uma guarnição de 27 marinheiros e
                 ficou na história da Marinha portuguesa devido aos bons serviços até à tarde de 27 de Fevereiro de 1912, precisamente o dia em que foi abalroada pelo vapor  'Josefine'. Do embate resultou um enorme rombo no casco que acabou por causar o afundamento do navio em poucos minutos.

Esta iniciativa , muito louvável,foi  de carácter particular


Nota: As canhoneiras e lanchas-canhoneiras constituíram o núcleo do que era chamada a "Marinha do Império", representando cerca de dois terços dos navios combatentes da Marinha Portuguesa entre as décadas de 1880 e de 1920.
Na década de 1930 as canhoneiras começaram a ser substituídas pelos avisos coloniais. No entanto, algumas mantiveram-se ao serviço até depois da Segunda Guerra Mundial.          
                

Sem comentários: