Google+ Followers

Google+ Followers

domingo, 12 de fevereiro de 2012

FRAQUITO

Recebemos a bordo o Boletim do IASFA de Janeiro 2012.
Consta de um editorial do Presidente
1 noticia sobre a inauguração do restaurante D. Nuno
1 , longo, artigo , relatando a apresentação de D. Nuno Álvares Pereira.

and that´s all folks.  Será que não há mais nada para dizer????



4 comentários:

J.N.Barbosa disse...

Tabém reparei. Para além do dinheiro mal gasto, será que o IASFA não tem nada para nos dizer?
De certeza que os pensionistas do COSFA queriam ouvir mais...

Anónimo disse...

A ideia original do boletim era o de estabelecer contacto com os associados o que , como parece , não tem sido conseguido .
Se todos os males do IASFA se reduzissem a este podiamos dar - nos por felizes .
Já repararam , certamente , que , quer queiramos quer não , somos obrigados a descontar sendo - nos vedado o elementar direito de não querermos pertencer ao Instituto .
Entre muitas outras coisas não temos qualquer interferência na escolha dos dirigentes , não aprovamos , nem nos é dado a conhecer quais os planos de actividade e , muito menos , qualquer conhecimento da forma como os dinheiros são gastos . Ainda hoje estou para perceber ( se calhar até é fácil) a passagem da ADM para o IASFA .
O tema IASFA mereceria um amplo debate que , pelo menos até hoje , nunca se quis efectuar .
Um abraço
E. Gomes

Manel disse...

agora o inefável Ministro Aguiar ifen Branco cortou o Conselho Directivo de 3 para 2 membros.
É uma medida tola em todos os sentidos, até para arranjar mais uma disparidade entre os Ramos, mas é só para mostrar que manda....

Anónimo disse...

A revista é fraquinha e não consegui entender o que o Senhor General pretendeu dizer no editorial