Google+ Followers

Google+ Followers

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Á BORDALESA


Os pescadores dizem que época de pesca à lampreia está a correr mal. No rio Minho, a água não chega para estender as redes.
                Vários pescadores de lampreia dizem que a época de pesca deste ano, que começou em Janeiro e vai até Abril, está a correr mal. A culpa, afirmam, é da falta de chuva que estará a afastar as lampreias dos rios.
                Uma das situações mais complicados ocorre no rio Minho. O Comandante Mamede Alves, da Capitania do Porto de Caminha, confirma que tem ouvido queixas dos pescadores e tudo aponta para que a falta de lampreias esteja relacionada com a falta de chuva.
                O responsável explica: «acredita-se que é a descarga de água doce, que transporta uma série de produtos, que serve de chamariz para as espécies que entram nos rios. Sem uma descarga tão forte é possível que o rio não seja tão atractivo para essas espécies».
                A situação é particularmente complicada nos concelhos de Monção e Melgaço onde se usa um método tradicional para apanhar as lampreias que são encurraladas nas chamadas pesqueiras, ou seja, pequenos muros de pedra nas margens do rio Minho.


Sem comentários: