Google+ Followers

Google+ Followers

domingo, 14 de novembro de 2010

CORAGEM


http://www.tsf.pt/paginainicial/AudioeVideo.aspx?content_id=1707525
Em declarações a Carlos Vaz Marques, Rafael Marques, jornalista angolano, apontou ainda o dedo a Portugal, considerando que é um país subserviente em relação ao regime de Luanda.

Nesta entrevista, que passará na íntegra hoje(11-11) pelas 19h00, na véspera do dia em se cumprem 35 anos sobre o 11 de Novembro de 1975, em que o MPLA, de Agostinho Neto, proclamou unilateralmente a independência de Angola, o destacado jornalista e pesquisador acusou José Eduardo dos Santos de fechar os olhos, apadrinhando desta forma negócios ilícitos, dizendo que ele “apregoa a transparência para depois, na prática, fazer o contrário”.

Nesta entrevista, o activista na luta contra a corrupção, que ainda há semanas foi perseguido pela polícia durante uma deslocação à região diamantífera das Lundas, voltou ao tema que é alvo do seu site “Maka”, que constitui uma iniciativa anti-corrupção.

Contactado pela TSF, o ministério português dos Negócios Estrangeiros optou por não comentar estas declarações, assim como a embaixada de Angola em Lisboa.

Sem comentários: