Google+ Followers

Google+ Followers

sexta-feira, 21 de maio de 2010

ÁS ARMAS

Li no i que o Ministério da Cultura quer pilhar o Museu de Marinha e fazer mais outro museu secreto, daqueles em que os visitantes não são bem vindos, onde não se pode tirar fotografias, onde as pessoas são tratadas como se estivessem ali para mutilar os quadros ou encher as vitrinas de dedadas de gordura. 
Como dizia o Umberto Eco: o pessoal dos museus e bibliotecas pensa sempre que se não estamos a trabalhar numa terça-feira às onze da manhã é porque de certeza somos criminosos e estamos ali para roubar.  Além de perturbarmos o ócio do pessoal.
O Museu de Marinha é o museu mais visitado (e o mais divertido) do país.  Na minha experiência (e não só), o quadro do Museu de Marinha é (tem sido sempre!) o mais competente, mais dedicado, mais profissional e com o sentido de serviço público mais apurado do país.
E a paga para todos estes anos de dedicação é serem pilhados pelo Ministério da Cultura e verem o seu espólio enterrado num mandarinato qualquer?! 
Isto é uma daquelas afrontas que pede uma invasão do Palácio da Ajuda, com archotes, paus e forquilhas.  Ou isso, ou assinarmos a petição para salvar o Museu de Marinha que está aqui:  http://www.peticaopublica.com/?pi=P2010N2153 
:o)
 mls

Sem comentários: