Google+ Followers

Google+ Followers

domingo, 30 de maio de 2010

RECORDAR É VIVER

Espectáculo digno e merecido, bem visto aqui na câmara de Oficiais da CACINE , onde está alguém que assistiu ,  a seu convite, ao exame final do Conservatório Nacional , no teatro D. Maria, para aí em 59/60?
E que , com saudade, me recorda agora o Zé Bação Leal , com quem também foi.
Não sei se os apresentadores(Júlia Pinheiro e Goucha) foram o ideal para tão excelente ACTOR, mas enfim....
Breyner , como Herman, são fantásticos actores . mas perdem-se quando querem ter graça e se mascaram de mulheres....uma pena.
Mas para este, realmente , tudo se perdoa.É o nosso maior, de momento.As nossas homenagens

2 comentários:

Carlos Alberto disse...

Meu caro Cacine
Lembras-te quando este actor pouco após o 25 A integrava uma célula da Luar cujo objectivo era " limpar o sebo ao Calvão " ( sic ) ?
Felizmente foi preso a tempo e solto pelo amigo Otelo . Que estranhas amizades ....

Manel disse...

Pois não fazíamos aqui a mais pequena ideia dessa história.

A CACINE navegava por cálidas águas no Sul e , feliz ou infelizmente, perdeu muitos episódios do PREC.

Politicamente recordo a sua candidatura à Câmara de Serpa, pelo CDS