Google+ Followers

Google+ Followers

domingo, 24 de outubro de 2010

SINISTRO

De acordo com o inquérito efectuado às causas da queda de uma avião na República Democrática do Congo, em Agosto que vitimou 20 pessoas, foi um crocodilo, que estava escondido dentro de uma mala e que se soltou, que levou à queda do avião.
O avião estava a fazer voo de rotina doméstica, dia 25 de Agosto, a partir da capital de Kinshasa para um aeroporto regional em Bandundu quando aconteceu o acidente.
De acordo com o Telegraph, um passageiro não identificado escondeu o crocodilo numa mala grande, com a intenção de o vender. O animal escapou quando o avião estava a chegar ao seu destino.
“A hospedeira correu para a cabine, aterrorizada, seguida pelos passageiros”, diz um relatório obtido pelo Telegraph. O avião tornou-se instável “apesar dos esforços do piloto.”
O avião despenhou-se em cima de uma casa, vazia na altura, a umas centenas de metros do aeroporto.
O crocodilo sobreviveu ao acidente, mas foi morto de seguida por uma falcão.
Quando o acidente ocorreu, a imprensa adiantou como possível causa da queda, a falta de combustível.

1 comentário:

Anónimo disse...

Acho graça à etiqueta